COMO SEGUIR O BLOG?

1º Você precisa ter uma conta no Google, Twitter ou Yahoo.
2º Clique no ícone SEGUIR que fica acima das fotos dos atuais seguidores.
3º Após clicar em SEGUIR, digite o login com e-mail e senha de sua conta no Google, Twitter ou Yahoo.
4º Em COMO SEGUIR, opte por seguir publicamente ou não.
5º Caso não queira publicar sua imagem insira outra, ou ainda, se preferir, não coloque imagem.
6º Sua conta não será visualizada por ninguém, nem mesmo por mim e será solicitada apenas se você quiser se linkar ao blog. Clique em CONCLUIR.
Espero ter ajudado...será um imenso prazer tê-lo (a) como companheiro (a). ABRAÇÃO!


terça-feira, 8 de setembro de 2009

FÁBULA: Ensinando valores

Por mais que nos esforcemos, jamais agradaremos a todos, portanto, é bom que nos conscientizemos acerca do nosso próprio valor.

DE BEM COM A VIDA

Filó, a joaninha, acordou cedo.
– Que lindo dia! Vou aproveitar para visitar minha tia.
– Alô, tia Matilde. Posso ir aí hoje?
– Venha, Filó. Vou fazer um almoço bem gostoso.
Filó colocou seu vestido amarelo de bolinhas pretas, passou batom
cor-de-rosa, calçou os sapatinhos de verniz, pegou o guarda-chuva
preto e saiu pela floresta: plecht, plecht...
Andou, andou... e logo encontrou Loreta, a borboleta.
– Que lindo dia!
– E pra que esse guarda-chuva preto, Filó?
– É mesmo! – pensou a joaninha. E foi para casa deixar o guarda-chuva.
De volta à floresta:
– Sapatinhos de verniz? Que exagero! – Disse o sapo Tatá. Hoje nem tem
festa na floresta.
– É mesmo! – pensou a joaninha. E foi para casa trocar os sapatinhos.
De volta à floresta:
– Batom cor-de-rosa? Que esquisito! – disse Téo, o grilo falante.
– É mesmo! – disse a joaninha. E foi para casa tirar o batom.
– Vestido amarelo com bolinhas pretas? Que feio! Por que não usa
o vermelho? – disse a aranha Filomena.
– É mesmo! – pensou Filó. E foi para casa trocar de vestido.
Cansada da tanto ir e voltar, Filó resmungava pelo caminho. O sol estava tão
quente que a joaninha resolveu desistir do passeio.
Chegando em casa, ligou para tia Matilde.
– Titia, vou deixar a visita para outro dia.
– O que aconteceu, Filó?
– Ah! Tia Matilde! Acordei cedo, me arrumei bem bonita e saí andando pela
floresta. Mas no caminho...
– Lembre–se, Filozinha... gosto de você do jeitinho que você é. Venha amanhã,
estarei te esperando com um almoço bem gostoso.
No dia seguinte, Filó acordou de bem com a vida. Colocou
seu vestido amarelo de bolinhas pretas, amarrou a fita
na cabeça, passou batom cor-de-rosa, calçou seus
sapatinhos de verniz, pegou o guarda-chuva
preto, saiu andando apressadinha pela
floresta, plecht, plecht, plecht... e
só parou para descansar no
colo gostoso da tia Matilde.
( NYE RIBEIRO )

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!
Para certificar-se de que o seu comentário foi postado, verifique se a frase: "Seu comentário estará visível depois de ser aprovado" aparece na tela.
Volte sempre!